jeitinho brasileiro o mister play

Saudações queridos leitores;

Antes de tudo que fique claro que não, eu não vou passar dicas de como dar um jeitinho nas coisas ou ser malandrão, a faculdade disso se chama “vida”. Cá estou eu mais uma vez para falar sobre o Brasil, e pela primeira vez (eu acho) pra falar sobre o povo brasileiro. Nosso querido país, terra de belas vistas e de uma riquíssima cultura, também é conhecido la fora, no mundão,  por ser o lugar que todo mundo ama “dar um jeitinho para tudo” ou em outros casos: um povo que curte a  “Malandragem”. 

“ahh que absurdo isso, chamando os nativos de malandro, onde já se viu algo assim, quem esse site pensa que é pra falar isso, que desrespeito”

OK! Aposto que muitos devem estar pensando isso agora, porem, la no fundo sabemos que todo mundo já tirou vantagem da prática milenar que é dar um “jeitinho”. Vamos melhorar esse papo explicando o que acontece com o ser humano brasileiro que possui a prática vinda de diversas gerações passadas (bisavô, avô pai) e que faz ele achar que pode tirar vantagem ou improvisar em tudo. O potencial brasileiro para a improvisação e para a criatividade, é algo que precisa muito ser estudado, independente de quem for, seja o fulano ou o sicrano, todo mundo tem uma pratica de usar o jeitinho pra se safar de uma situação. Isso pode ser algo lindo de se ver, e até de se sentir orgulho, mas ao mesmo tempo, é algo terrível e tenebroso, pois também se refere a nossa pratica estupenda de cometer um delito corrupto. 

Obviamente não posso generalizar o cidadão que desfruta do “jeitinho”, com o cidadão que se aproveita na “malandragem” para se dar bem! A tática do jeitinho, é um tipo de pensamento super rápido e eficaz que nos ajuda a sair de uma situação impropria em um devido momento, como por exemplo: Improvisar uns panos, quando se tem um vazamento no cano, usar um rodo como limpador de para brisa do carro, usar uma meia pra coar o café (peguei pesado nessa), ou até mesmo usar tijolos pra colocar no pé quebrado da cama, enfim, as situações são diversas, e isso é até interessante de se ver, por que mostra que o povo brasileiro é um povo altamente criativo. Me diz, em que lugar do mundo você vai encontrar tais feitos? Independente de condição financeira, o Brasil é feito de brasileiros, e esse tipo de situação, acontece com todo mundo! Acontece comigo, com você, com seu amigo, com sua mãe e por aí vai.

malandro o mister playJá a malandragem que é algo que posso dizer seguramente que está presente em quase todo o país, é uma prática que visa se favorecer entrando em aspectos que necessitam ofender, machucar, prejudicar, e enganar terceiros. Diferente do “jeitinho” a malandragem torna um ser humano de bem em corruptível, pois no momento que você tem um problema, ou vê uma oportunidade de se dar bem, e enxerga que a única maneira de se sair como o “vencedor” é praticando algo ilegal, você se torna a partir da li, um Malandro! Confesso que pra ser um malandro, necessita e muito de prática e lábia, por que se você erra no ato, meu amigo, você está perdido. Pra saber alguns atos de “Malandrilsson” vamos ver alguns exemplos: Vê um dinheiro caindo da mão de uma pessoa, e você finge que não vê pra depois barrar aquela grana, instala duas antenas em casa pra poder captar o sinal de todas as TV’s através de receptores piratas, fura a fila sem que ninguém perceba, mente pra ganhar a confiança dos outros e num futuro, passar a perna neles, enfim, existem diversos modos de malandragens que sinceramente prefiro nem citar aqui.

Isso tudo é difícil de  se ver no exterior, podemos até dizer que o gringo prefere ir reto e o brasileiro prefere a curva. Não quero entrar aqui no conceito cultural e histórico da coisa, pois se tornará uma leitura muito politizada, e para isso vou deixar uns links no fim do texto. A verdade é, que todo mundo já usufruiu do jeitinho brasileiro, incluindo a malandragem. Não posso ser hipócrita e dizer que o “jeitinho” é algo ruim ou que é coisa de preguiçoso, por que na prática, na real life, nós precisamos estar prontos para tudo, e muitas das vezes nós não estamos preparados, e o que nos resta é a nossa incrível arte de improvisar. 

Eu tenho certeza que conforme você está lendo esse texto, na sua mente, está aparecendo diversas situações que envolve o assunto, tanto com  você como também com outra pessoa. Só pra complementar, tudo que nós vemos hoje em dia na política brasileira, herda do famoso “Jeitinho” e também da malandragem (desonestidade).

Por fim, não deixe que o “jeitinho” seja algo comum na sua vida, pois ele é ainda uma maneira provisória de resolver uma situação. Independente de condição moral ou financeira, se tiver que resolver algo, tente fazer isso da melhor forma e maneira possível, pois quando se trata da sua imagem e do seu caráter, todo cuidado é pouco! 

e em relação a “malandragem” acho que não preciso dizer nada, né?! Apenas PARE!

links legais relacionado ao assunto:

  1. Genealogia da Malandragem
  2. O Polêmico Jeitinho Brasileiro
  3. A Malandragem, segundo Wikipédia
  4. Jeitinho brasileiro é corrupção?
  5. Nerdologia: Jeitinho Brasileiro