Saudações Senhores;2Conhecendo um pouco mais sobre o nosso público, vimos que temos pessoas que apreciam uma boa comida, recheada de glúten e calorias que aceleram cada vez mais a chega da morte em suas vidas. Pensando assim, resolvi hoje trazer um conteúdo diferente do seu paladar, que fará você pensar duas vezes antes querer experimentar uma iguaria nova. Já adianto que esse post ta bem repugnante, e que as comidas citadas aqui, em alguns lugares são totalmente proibidas. Boa sorte e bom estômago.

1 – Um churrasco crocante de morcegocomidas-o-mister-playOs pelos do morcego são queimados, enquanto a cabeça e as asas são removidas. Depois disso, a carne do morcegão pode ser cortada em pedaços, que serão cozidos ou fritos. Já os morcegos menores são grelhados e comidos inteiramente, incluindo os pequenos ossos do esqueleto do animal.

2 – Sangue de porco coagulado
sangue-de-porco-o-mister-play
De acordo com as pesquisas, os apreciadores desse alimento dizem que o sabor é similar a de uma salsicha comum, porém na maioria das vezes, também pode ter um gosto muito parecido com o sangue humano. Bom Apetite!

 3 – Porquinho da índia assado

O terror de comer o porquinho da índia não está na carne ou no preparo, mas sim por ser uma figura tão bonitinha. A carne é semelhante ao de coelhos, então o sabor tende a ser bem parecido.

4 – Gelatina. Sim, gelatina!
gelatina-o-mister-playOlha aí! Por mais louco que seja, a gelatina é um tipo de alimento que vale ser citado aqui, pois esconde o seu real modo de preparo para que ninguém deixe de comprá-las. Quem come as deliciosas e coloridas gelatinas muitas vezes não percebe que, por trás do aroma e sabor artificial de morango, limão e até abacaxi, se esconde uma matéria-prima que, a princípio, nada tem de atraente: cascos, ossos, pele e ligamentos de bois e porcos. Esses pedaços de animais passam por um processo de derretimento em ácido e, depois, são cozidos. O produto resultante é então misturado com água, açúcar e corantes. 

5 – Órgãos de ovelha cozidos dentro do estômagoorgaosEsse é bizarro! Feito na Escócia, Haggins, como é conhecido o prato, é composto de coração, pulmões e fígado de ovelhas cozidos dentro do estômago do próprio animal. Depois de cozinhar por três horas, o alimento é cortado com uma faca, proporcionando um espetáculo gastronômico… Ou não.

6 – Cascavel ao molho delicia

Para preparar, primeiro, deve-se decapitar a cobra, já que o veneno está localizado na cabeça. Depois, o corpo da cascavel é pendurado para secar por pelo menos uma hora. Terminada essa etapa, pedaços da carne sem pele do réptil são embebidos em leite por um bom tempo e, depois, passados na farinha de milho antes de serem fritos. E como não poderia deixar de ser, durante o festival há uma competição para ver quem come mais cascavel. É bem comum entre os cowboys texanos.

7 – Filhotes de polvo vivo e fatiados

Criado na coreia do sul e conhecida como Sannakji, a refeição é bastante impressionante e, no vídeo acima, é possível conferir como os pedaços de polvo continuam a se mexer na frente do cliente. De acordo com o site Gourmet, é necessário mastigar bastante o polvo antes de engoli-lo, para evitar que as ventosas grudem no esôfago e causem dor. Os pequenos cefalópodes são servidos com óleo e semente de gergelim.

8 – Embriões de patos parcialmente desenvolvidos321083116107Tome essa delícia! Balut, um prato servido nas Filipinas e que consiste de embriões de patos ou de galinhas que ainda não se encontram totalmente formados, servidos dentro de seus próprios ovos aquecidos.

9 – Nuggets, Salsicha, Chouriço e aquele patêzinho

apenas veja o vídeo, e relaxe, pois tudo o que disseram aí confere com a realidade.

 

Eaí, bateu aquela fome depois de ler esse texto? Em mim com certeza não, e provavelmente só comerei daqui 12 horas.