O mundo está cercado de boas histórias que em sua maioria, sofrem adaptações com o tempo, as transformando em lendas ou folclore. Nesse episódio especial, retiramos um trecho do PlayCast 47 onde nós criamos nossa própria lenda que fará sentido daqui 84 anos sobre o menino Enzo. Com adaptação do Delatorre, narração do Pensador Louco e edição/sonorização do Lucas, nós deixamos aqui a terrível e triste historia do garoto Enzo, que só queria ser popular fazendo vídeos pro Youtube. Aproveite esse especial (que você pode ler ou ouvir no player abaixo) e ajude a espalhar a história, ou você não será poupado.


Ta ligado isso aqui? 

Bom, então é hora de falar definitivamente sobre isso e acabar com qualquer especulação sobre o menino Enzo

o que será dito aqui é de extrema importância pro nosso mundo. Mas, que fique claro que depois que você tomar conhecimento sobre a historia do menino Enzo, a sua vida nunca mais será a mesma… se quiser ir embora tudo bem, mas se quiser ficar e ouvir, a responsabilidade será somente sua. Depois não diga que não avisei.

Ok, “vamo” lá

Brasil, ano 2084, terra 1… Aos cidadão conectados eu deixo essa historia:

O mundo é dos populares. Seu talento, suas habilidades e sua inteligência já não representam mais nada para o mundo desde o início dos anos 2000. A única coisa que importa é a sua capacidade de fazer as pessoas gostarem de você. Foi nesse mundo que surgiu Enzo, o espectro virtual.

Enzo era um menino pobre de uma cidade pobre. Estudava em uma péssima escola pública, que era o maior peso em sua vida. Seus professores o humilhavam diariamente pela sua dificuldade em acompanhar as matérias durante o ano letivo; e as outras crianças zombavam de sua aparência desagradável e o agrediam diversas vezes durante as manhãs.

Sua família era absolutamente desestruturada. Nunca chegou a conhecer o pai. Seus parentes se distanciaram e o abandonaram junto com sua mãe, uma viciada em álcool que mal conseguia cuidar de si mesma.

Mas um dia, Enzo ganhou um celular. Sua mãe havia roubado uma loja durante um de seus episódios de bebedeira descontrolada e trazido o aparelho para o filho.

Por mais que sentisse que usar este celular era um erro, Enzo aproveitou a oportunidade para começar a fazer vlogs para o Youtube, uma antiga plataforma de publicação e streaming de vídeos.

Os vídeos eram produzidos por Enzo com muito afinco e dedicação, mas nunca caíam no gosto dos espectadores. Desesperado por atenção, ele resolver tentar um desafio maldito. Cheirar noz moscada em uma live.

A internet ficou maluca ao saber das pretensões de Enzo. No dia da live, 300 mil pessoas pararam para assisti-lo. Porém, houve um acidente. Brincando com as nozes, o menino acabou engolindo uma e morrendo engasgado ao vivo.

As autoridades rapidamente retiraram o chocante vídeo do ar. Porém, o ódio acumulado no menino Enzo permaneceu no mundo, como uma sombria entidade caçadora de almas populares.

Seu único contato com o mundo físico é por meio de cópias do vídeo de sua morte que circulam nos mais diversos sites e são apagados e repostados constantemente.

Aquele que tiver o azar de assistir a este horripilante vídeo, certamente sofrerá um violento assassinato.

Enzo morreu, mas seu espírito vingativo e sedento por telespectadores curiosos, o traz a vida sempre que ele é invocado atrás de seu vídeo mortal. Há quem diga que ele circula nas profundezas da internet. Há quem diga que é melhor deixar onde está.

– Se você leu até aqui, sinto muito, mas seu nome será lembrado caso tente acessar propositalmente o tal vídeo.

Encerrando transmissão. Pensador louco 2099 para a terra 1. A verdade… foi contada. 

Continua…(?)